31 dezembro 2008

Despertar

Do ventre da terra
Abre-se em cores a Primavera

Despontam flores e odores
No âmago dos vales

Musgos e giestas
Inundam os penedos

E há música
E cores
E vida
Em mim

Dina Cruz

1 comentário:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar